Blog > [Atualizado] AUTOMAÇÃO DE TESTES - PARTE V - SELENIUM IDE - Execução em Diversos Navegadores

30/nov

Hoje vou explicar a vocês como executar scripts do Selenium IDE em vários navegadores, e de quebra vou dizponibilizar uma ferramenta que criei para facilitar nossa vida quando precisarmos realizar essa atividade.

E aí pessoal! Tudo sussa?

      Hoje vou explicar a vocês como executar scripts do Selenium IDE em vários navegadores, e de quebra vou dizponibilizar uma ferramenta que criei para facilitar nossa vida quando precisarmos realizar essa atividade.

      Caso ainda não tenham lido os posts anteriores dessa série, sugiro fortemente a leitura. Links abaixo.

Parte I - Introdução: Neste post eu escrevo sobre alguns pontos que devem ser levados em consideração antes de iniciar a automação.

Parte II - Principais dificuldades com Selenium IDE: Nesse post eu exemplifico algumas das principais dificuldades enfrentadas por quem está começando a automatizar com o Selenium IDE.

Parte III - User Extensions: Nesse post eu explico como criar novos comandos para utilizar no Selenium IDE.

Parte IV - Plugins: Nesse post eu explico como instalar e utilizar alguns plugins interessantes no Selenium IDE.

      Vamos começar pela parte teórica. Como já sabemos, o Selenium IDE é um plugin do Firefox. Dessa maneira é possível executar os scripts apenas pelo Firefox pois o plugin não consegue se comunicar com outros navegadores. A alternativa a isso é utilizar o Selenium Server Standalone para interpretar e executar as suites de teste, permitindo assim que a execução seja direcionada a outros navegadores. Percebam que na frase anterior eu escreví "executar as suites de teste" pois o Selenium Server Standalone não executa os scripts de teste diretamente, apenas agrupamentos de scripts de teste, chamados carinhosamente de "Suites de Teste". Abaixo temos algumas premissas que precisaremos levar em consideração para executar os testes em diversos navegadores.

Obs.: Com o lançamento da versão 3.0.1, a forma de executar testes em outros navegadores sofreu mudanças. Abaixo você pode conferir as informações atualizadas.


  1. Sempre utilize a ultima versão do Selenium Server Standalone Selenium HTML Runner pois versões antigas dele não funcionam com as versões mais atuais de alguns navegadores; Acessando o link http://www.seleniumhq.org/download/ você pode conferir e baixar a versão mais atual conforme imagem abaixo. 

  2. Mesmo que você queira executar apenas um script, será preciso colocá-lo dentro de uma Suite, e executar a suite ao invés de executar diretamente o script;
  3. Tanto a suite de testes quanto o arquivo de resultado devem possuir a extensão ".html";
  4. Caso você precise utlizar proxy para executar os testes, este deverá ser fornecido por parâmetros;
  5. Caso você utilize user-extensions no seu script, será preciso informar via linha de comando;
  6. Realizar download e configurar o driver do navegador que será utilizado.

      Vamos então criar um script de exemplo. O script abaixo acessa a página da Qualister, clica no menu "BLOG" e informa o texto "Selenium IDE" no campo de pesquisa.

      Feito isso, acesse o menu "Arquivo">"Salvar Teste" e salve seu teste, não se esquecendo de colocar a extensão ".html". Eu salvei o arquivo com o nome "UC001_CT001.html".

      Agora acesse o menu "Arquivo">"Save Test Suite" para salvarmos a suite de teste. É ela que será executada. Eu salvei a suite com o nome "UC001_SUITE001.html".

Para baixar o caso de teste e a suite de teste, basta clicar no link abaixo.

EXEMPLO

O seguinte comando de exemplo, fornecido no site oficial do Selenium, deve ser executado via CMD/Shell:

java -jar selenium-html-runner-x.xx.x.jar -htmlSuite "*firefox" "http://www.google.com" "c:\absolute\path\to\my\HTMLSuite.html" "c:\absolute\path\to\my\results.html"

Vamos entender cada um dos parâmetros fornecidos acima:

  • java -jar: O Selenum Server Standalone é um aplicativo Java do tipo "jar" e, para executar, precisa do java instalado.
  • selenium-html-runner-x.xx.x.jar: Caso o CMD esteja na mesma pasta do Selenium Server Standalone Selenium HTML Runner, basta informar o nome do arquivo jar, caso contrário é preciso informar o caminho absoluto. Ex.: "C:\selenium\selenium-html-runner-3.0.1.jar"
  • -htmlSuite "*firefox": Este parâmetro informa em qual navegador a suite deverá ser executada. Os principais valores possíveis são "*firefox", "*iexplore" e "*googlechrome".
  • "http://www.google.com": Aqui você deve definir a URL BASE da aplicação.
  • "c:\absolute\path\to\my\HTMLSuite.html": Este parâmetro representa o caminho absoluto da suite de teste
  • "c:\absolute\path\to\my\results.html": Este parâmetro representa o caminho absoluto do arquivo de resultado que será gerado.

      Segue exemplo preenchido com a execução na minha máquina:

java -jar "c:\Users\Roberto\Desktop\selenium-html-runner-3.0.1.jar" -htmlSuite "*googlechrome" "http://www.qualister.com.br" "c:\Users\Roberto\Desktop\UC001_SUITE001.html" "c:\Users\Roberto\Desktop"\RESULTADO_UC001_CT001_CHROME.html"

      Se nos esquecermos de alguma das premissas descritas no início deste post a execução não ocorrerá e não será apresentada nenhuma mensagem clara informando o motivo. Devido a isso, eu construí uma aplicação mais simples e que nos informe caso algum parâmetro seja preenchido de forma inadequada.

      Veremos agora como executar utilizando esta ferramenta.

Utilize um dos links abaixo para realizar o download desta ferramenta.

Obs.: Esta versão da ferramenta já possui os drivers para os navegadores "Firefox", "Google Chrome", "Internet Explorer" e "Microsoft Edge", não sendo necessário fazer download nem configurar os drivers dos navegadores.

Instalador Windows

Zip (p/ linux)

      A instalação (Windows) é bem simples no modelo "Next, Next, Finish" e vai criar um ícone na área de trabalho. Já o zip (Linux) deve ser descompactado e o arquivo "seleniumide-executor.sh" deve ser executado. Lembrando que é preciso ter o java instalado para executar este aplicativo, tanto em Windows quanto em Linux.

A imagem abaixo mostra como é a tela da aplicação.

      Pronto! Basta informar a "URL BASE", selecionar o "Browser" que você quer utilizar, selecionar a "suite de testes", informar o nome do "arquivo de resultado" que será gerado, e clicar em "Executar". Ao final da execução o arquivo de resultado será aberto automaticamente, ou você pode acessá-lo manualmente. Abaixo segue imagem dos campos preenchidos e também imagem do resultado de teste obtido, usando o exemplo descrito nos parágrafos anteriores.

 

      P.S.: Caso vocês encontrem algum problema ao usar a ferramenta, me enviem um print da tela da ferramenta e também o arquivo de log, que pode ser encontrado clicando no botão "Log Interno" da ferramenta para que eu possa investigar e corrigir. Como não testei a ferramenta em sistemas operacionais e versões diferentes, pode ser que vocês encontrem algum problema, e já peço desculpas antecipadamente.

Concluimos assim esta série sobre o Selenium IDE. Caso tenham alguma dúvida, sugestão, reclamação, ou queira apenas se expressar fique a vontade para me mandar email. Meu email encontra-se no topo desta tela, assim como meu mini currículo. Espero que vocês tenham gostado, e até a próxima pessoal!

POSTS RELACIONADOS

Webinar gratuito de Selenium IDE - Online

Aprenda tudo sobre o Selenium IDE neste Webinar

AGENDA

CURSOS RELACIONADOS